Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
  • Os ignorantes (quem são?)

    Ignorância não é grosseria; ignorar é desconhecer, e desconhecer não é feio. O problema é quando a admissão da ignorância não existe e a capacidade de fazer perguntas é nula. Hoje em dia quando alguém qualifica uma pessoa de ignorante quer dizer que o sujeito é bruto, bronco, desajeitado, que não mede as palavras, que tem um palavreado repugnante e...

  • Você sabe o que significa crise?

    Toda nação, toda economia, toda empresa e todas as pessoas passam por momentos de crise; o fato relevante é: o que você faz quando está em crise? Não precisa abrir um jornal da área de negócios para se ler sobre crise. E muito menos estar num ambiente de negócios para que a crise seja o teor principal da conversa. Há...

  • Feliz vem de felix. Feliz vem de ser fértil, de ser facundo, de ser produtivo. Seja fértil, e seja feliz.

    Ser feliz é o grande ideal dos homens. Felicidade é colocada por alguns no topo de nossos projetos, é o objetivo pelo qual lutamos e o estado de espírito que buscamos. Feliz vem de felix, no latim, que também significa “fértil”. Felix traz o significado de facundo, e nada mais apropriado. Quem é fértil gera a vida, gera felicidade. Quem...

  • Companhia é divisão. É mais do que estar junto. É dividir o pão.

    Mário Cortella, em seu livro “Qual é a tua obra”, nos brinda com várias observações provocativas sobre vida pessoal e profissional. E uma delas é acerca da liderança. Cortella recorda que há 700 anos atrás, a tripulação de um barco era chamada de companhia, palavra tão comum que diz respeito às afinidades, empresas e agremiações. Companhia é a expressão originária...

  • O que seria um bajulador?

    O bajulador de hoje em dia é, ou incompetente, ou impaciente, ou intransigente, ou descrente. Ou tudo isso. Em latim bajulus significa carregador. Nos portos, esse era o nome dado àquele que transportava as mercadorias do navio aos armazéns, ou dos armazéns aos navios, entortando as costas diante daqueles cargueiros com tamanhos desproporcionais que atracam nos portos. Li um texto...