Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Feliz vem de felix. Feliz vem de ser fértil, de ser facundo, de ser produtivo. Seja fértil, e seja feliz.

Ser feliz é o grande ideal dos homens. Felicidade é colocada por alguns no topo de nossos projetos, é o objetivo pelo qual lutamos e o estado de espírito que buscamos. Feliz vem de felix, no latim, que também significa “fértil”. Felix traz o significado de facundo, e nada mais apropriado. Quem é fértil gera a vida, gera felicidade.

Quem é feliz é capaz de produzir sonhos, de ter ideais, de criar objetivos, de pensar em diferentes maneiras de ver uma situação. Quem não é fértil, não fertiliza sua própria vida, não fertiliza a vida dos seus amigos, da sua família, da sua comunidade, ou seja, não traz felicidade.

Só que não é fácil ser feliz atualmente. Vivemos sob a ditadura da felicidade, tentando ir contra nossas próprias emoções, que, em momento outro, vão se apresentar abruptamente com uma dificuldade ou outra. É impossível escancarar um sorriso no rosto e viver dia a dia. A vida não nos permite isso. Mas a vida nos permite ser fértil, ou seja, produzir soluções para os problemas, produzir respostas para as perguntas e gerar insights para suplantar nossas dificuldades.

Felicidade pode ter muitas formas, cores e subnomes. Talvez, a grande sabedoria consiste que felicidade não se encontra materializada em um produto, uma pessoa, um emprego, porque ninguém é imune de decepções, e as expectativas podem não corresponder com a realidade. Mas, com um estado de espírito fértil, criando novos sonhos e produzindo novas atitudes, é bem possível que consigamos vivem bem próximo de uma vida saudável e feliz.

Autor: Gerson Christianini