Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Análise de propaganda – Itaú – Março / 2014

A propaganda soube aproveitar-se bem de uma paixão de um povo, que é o esporte, melhor ainda, o futebol, melhor ainda: a seleção brasileira. A propaganda é de Março, e é um convite para a emoção. Os elementos usados foram coerentes com a época: O Brasil se preparava para receber a Copa, a seleção vinha de um resultado expressivo com o desempenho na Copa das Confederações, e o desejo era de que a emoção tomasse conta das arquibancadas, das casas, das ruas.

Uma lição que fica da propaganda é que é preciso aproveitar os momentos, as oportunidades acerca de um contexto e/ou conjuntura. Outrossim, o Itaú usou elementos que realçam a identidade do povo brasileiro, usando um jovem negro para a foto, representando uma característica que o Brasil se orgulha, que é a miscigenação, a diversidade racial.

Outra lição é fazer um convite direto, persuasivo: “Mostra a tua força Brasil”. Em letras maiores, é uma chamada para o povo tirar a camisa do guarda-roupa, pintar as ruas, pendurar bandeiras nas janelas, decorar a casa, enfim, é evidenciar a força que o Brasil tem como potência no futebol, e a força como torcida, como povo.

No texto usa-se a frase: “E só a gente sabe emocionar, cantando o hino a capela”. Jornalistas e o público presente no estádio na Copa das Confederações saíram dos jogos visivelmente emocionados e arrepiados com a torcida cantando com vibração. Jogadores frisaram a importância que a torcida deu com o incentivo, trazendo um clima de confiança e inspiração. E, o banco Itaú soube se aproveitar disso. Mexeu com o lado participativo e emotivo do brasileiro.

A hashtag “Isso muda o jogo” é uma metáfora. A torcida, a emoção e a vibração mudam o jogo. O brasileiro muda o jogo. Mas não é só o jogo de futebol, mas o jogo da vida. É um encorajamento ao povo para acordar, levantar da cama e colocar o coração naquilo que faz. O slogan do banco é uma grande sacada: “Feito para você”. Quem não gosta de ser bem tratado? Quem não gosta de algo peculiar, especial, customizado? O banco está dizendo que ele é um de nós, age como nós, foi feito para nós, o povo.

O texto é construído para trazer orgulho ao brasileiro. Fala que só nós temos cinco estrelas, fala que vamos mostrar novamente para o mundo como se faz um campeão. Chama todos para jogarem juntos. Eis a lição que o banco nos dá, que a propaganda nos mostra. Vendedores, gestores, publicitários, ou quem quer que seja que precise vender algo: mais do que vender o produto e suas características, vale muito inspirar o espírito da coragem, da vontade de vencer, e trazer orgulho, revelando as grandezas de quem quer que seja. Quem leu a propaganda do Itaú não comprou nada, mas compactuou com a história, com o texto, porque se sentiu um deles. E, quando um cliente se identifica, a parceria fica muito mais fácil.

Autor: Gerson Christianini

Somos todos vendedores - Análise de Propaganda - 2014 2015 - Itaú Copa do Mundo Brasil